Foto: Reprodução Nascido nos Estados Unidos, na década de 1990, é comemorado em todo o mundo. Este movimento foi criado para chamar a atenção das pessoas sobre o controle do câncer de mama. É comemorado todos os anos, para cada vez mais ser compartilhada informações e alertar sobre a importância da detecção da doença precocemente.

O câncer de mama poder ser detectado logo no início, assim, aumentando as chances de tratamento e cura. Toda mulher, em qualquer fase da vida, deve sempre prestar atenção se há algo indiferente em suas mamas, pode ser no banho ou em qualquer momento em que sentir-se bem. A maior parte dos cânceres de mama, são descobertos pelas próprias mulheres.

A recomendação do Ministério da Saúde é que até mesmo as mulheres que não tenham nenhum sinal da doença ou nenhum sintoma façam a mamografia de rastreamento, que é o exame para ser descoberto o câncer de mama até mesmo em estágio inicial.

Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são:

  • Caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor;
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;
  • Alterações no bico do peito (mamilo);
  • Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço;
  • Saída espontânea de líquido dos mamilos

Ao ser identificada alterações persistentes nas mamas, a mulher deve procurar imediatamente um médico para ser feita a avaliação.

Espera-se ampliar a compreensão sobre os desafios no controle do câncer de mama. Esse controle não depende apenas da realização da mamografia, mas também do acesso ao diagnóstico e ao tratamento com qualidade e no tempo oportuno. Ressalta-se ainda a necessidade de se realizar ações ao longo de todo o ano e não apenas no mês de outubro.

Os objetivos da campanha são :

  • Divulgar informações gerais sobre o  câncer de mama;
  • Promover o conhecimento e estimular a postura de atenção das mulheres em relação as suas mamas e a necessidade de investigação oportuna das alterações suspeitas.
  • Informar sobre as recomendações nacionais para o rastreamento, benefícios e os riscos da mamografia de rotina, possibilitando que a mulher tenha mais segurança para decidir sobre a realização do exame.

 

Fonte: http://www.inca.gov.br/wcm/outubro-rosa/2015/movimento-outubro-rosa.asp


sidebar