Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Uma reação alérgica ou reação de hipersensibilidade é quando o sistema imunológico reage de forma exagerada a alguma substância com que o organismo entrou em contato. Este contato pode ser feito através do toque, ingestão ou inalação, consoante o agente alérgico.

Apesar das alergias respiratórias como: a asma, a rinite e a dermatite atópica serem as manifestações mais comuns, existem muitas outras, pois os agentes causadores da alergia podem ser: pó, pólen, cães ou gatos, produtos de higiene, alimentos, e ainda, agentes irritativos como poluição do ar e outros químicos.

Ao contrário dos adultos, as crianças têm maior facilidade em desenvolver alergias, especialmente as alimentares. No caso das alergias alimentares, apesar de surgirem frequentemente, nem sempre são permanentes, já que podem desaparecer à medida que o sistema digestivo amadurece.

• Sintomas das alergias •

Os sintomas podem variar de acordo o sistema imunológico, ou seja, variam de criança para criança, onde a parte do corpo que entra em contato direto com a substancia alergênica é que sofrerá os sintomas. As alergias respiratórias produzem congestão nasal, coceira na garganta e nariz, produção de catarro, tosse ou chiados. Já as alergias alimentares causam dor abdominal, cólicas, diarreia, náuseas, vômitos ou reações graves, potencialmente mortais.

• Como identificar e tratar as alergias •

Se existir suspeitas de alergias, o ideal é levar a criança ao pediatra para que seja realizado um diagnóstico, de forma a identificar o agente causador. O teste de alergias é a ferramenta mais eficaz, onde o médico expõe a criança a vários agentes alérgicos, observando de seguida em quais é que ocorre manifestação de sintomas. Contudo, este teste deve apenas ser feito após os 5 anos de idade. Até aí, os pais e o médico deverão estar atentos a todos os sinais de alergias.

O primeiro passo para o tratamento das alergias é evitar o contato com o agente causador. Caso não haja possibilidade de evitar ou ocorra uma exposição acidental, o  ideal é procurar um pediatra de sua confiança para que seja prescrito um anti-histamínico, que irá combater a reação alérgica, reduzindo os seus sintomas.

Fonte: http://br.guiainfantil.com/alergia.html

 


sidebar