Essa delícia da tradição italiana faz parte do cardápio de pessoas de vários países do mundo inteiro, inclusive dos brasileiros. Quem não gosta de uma pizza saborosa no jantar? Seu filho com certeza também adora. No entanto, muitos pais, que zelam pela saúde dos seus pequenos, se preocupam com a inclusão da pizza na alimentação deles pela sua má fama nutricional. Pois saiba que a pizza é um alimento saudável, desde que você saiba escolher as opções mais saudáveis e que seu pequeno não coma com tanta frequência.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Como orienta a nutricionista Roberta Stella, não há problemas em consumir uma ou duas fatias – das opções mais leves – esporadicamente (uma vez por semana). Na realidade, a massa de pizza é uma boa fonte de carboidrato – nutriente fornecedor de energia, essencial para você ter uma alimentação equilibrada – e o valor calórico não é assustador, como muitos acreditam. A grande vilã da pizza é a cobertura, geralmente rica em gordura, portanto, evitar ingredientes calóricos, como provolone, gorgonzola, parmesão, catupiry, calabresa e bacon já é uma excelente atitude para que seu filho tenha uma alimentação saudável.

Se seu pequeno gosta de comer pizzas industrializadas, tenha alguns cuidados no momento da compra: certifique-se de que a temperatura do balcão frigorífico é igual ou menor a 10ºC, verifique a data de validade (prefira as que têm o prazo de, no mínimo, 30 dias). Além disto, confira se o produto congelado está livre de bolores e se o rótulo traz as informações obrigatórias por lei, como informações nutricionais, data de validade, peso e endereço do fabricante.

Então, que tal comemorar o dia da pizza em uma pizzaria com a família. Huuuum, que delícia de programa pra noite hein?

Fonte: http://maisequilibrio.com.br/nutricao/pizza-a-moda-saudavel-2-1-1-297.html


sidebar